Homenagem à araquariense marca inauguração do CREAS

79ª Festa das Flores Feira e Jornada Técnica reúnem palestras, oficinas e comercialização de produtos rurais
18 de novembro de 2017
Artigo: As reformas trabalhista e previdenciária
20 de novembro de 2017

Na manhã de sexta-feira, 17, a Prefeitura de Araquari, por meio da Secretaria de Assistência Social, inaugurou o Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS Vera Lucia Gomes de Lima. O centro, que oferece serviço especializado e continuado a famílias e indivíduos em situação de ameaça ou violação dos direitos, iniciou os trabalhos em abril.

A cerimônia de inauguração contou com a presença de autoridades como o prefeito de Araquari, Clenilton Carlos Pereira, e o secretário de Assistência Social, Josué Vieira, e também dos familiares da conselheira titular aposentada pelo Município que dá nome ao CREAS. O senhor Rosni Alves de Lima, esposo da senhora Vera Lucia Gomes de Lima, acompanhado de suas filhas Joice Gomes de Lima e Julia Gomes de Lima, receberam uma placa e flores.

Em seu discurso, Josni agradeceu a homenagem e comentou do amor e dedicação de Vera pela profissão. Conhecida por ser uma pessoa alegre, de bem com a vida, que adorava festas com a família e amigos. Como conselheira, as filhas contam que ela amava o trabalho, sempre se dedicava para dar o melhor de si e sempre preocupada com o bem estar das crianças que ela atendia. Nascida em janeiro de 1969, faleceu há sete meses, vítima de câncer.

O CREAS, que foi criado este ano, a partir da Lei 221 de 2017, busca construir um espaço para atendimento de pessoas vitimas de ameaça ou com os direitos violados, fortalecendo vínculos familiares e comunitários, priorizando a reconstrução de suas relações familiares. Para implantação desse equipamento, a Prefeitura investiu cerca de R$ 20 mil na aquisição de móveis, computadores e outros materiais necessários. A equipe é formada por uma assistente social, uma advogada, uma psicóloga e duas orientadoras sociais.

Desde o início dos trabalhos, em abril deste ano até o final do mês de setembro, mais de 400 ações foram realizadas, entre as principais estão: visitas domiciliares, atendimentos psicossociais, jurídicos, elaboração de documentos, estudos de processos judiciais, e acompanhamentos de liberdade assistida e de prestação de serviços a comunidade.

Mais informações: Secretaria de Assistência Social – (47) 3305 0092.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *