logocf.png

Siga nossas redes sociais

      
Empreendimento

CMO afirma que projeto de estaleiro não foi congelado

03 Junho 2019 20:26:00

Luciane Fachini, representante da CMO em São Francisco do Sul, explica que empresa ainda aguarda segunda licença ambiental

Foto: Divulgação

Diferente do que foi abordado em coluna de Claúdio Loetz, da NSC, no último domingo (2), a representante da CMO em São Francisco do Sul, Luciane Fachini, explica que o projeto de estaleiro não está congelado. "A CMO continua com o processo de licenciamento ativo e irá iniciar as obras, talvez em ritmo mais lento, porém nada está congelado", explica ela.

Em abril de 2018, a CMO conseguiu a Licença Ambiental de Instalação (LAI) no Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) para a primeira fase das obras do estaleiro em terra. A construção não iniciou devido ao aguardo da empresa pelo segundo licenciamento ambiental para obras em mar, como o de dragagem e a escavação de um canal. 

Luciane também relata que o presidente da CMO, José Pedro Mota, comentou que em razão da situação da Petrobras e da economia do país, a previsão é de que a estatal volte a comprar a partir de 2022 e que as encomendas do pré-sal estejam em pleno funcionamento em 2025. Por esse fator, o ritmo poderia ser mais lento.

Dimensionado para processar 24 mil ton/aço por ano e atracar duas FPSO's simultaneamente, o Estaleiro CMO foi projetado para a construção e integração de módulos a plataformas, bem como para o reparo e manutenção de navios e plataformas. O Estaleiro também vai dispor de uma área de construção que permitirá a fabricação de jaquetas, monobóias, módulos de acomodação etc. O investimento anunciado, em 2014, é de R$ 700 milhões.




15372217003380.png

Correio Francisquense - Fone: (47) 9172-6939
Rua: Marcílio Dias, 425 sala 09 São Francisco do Sul - Santa Catarina

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados