logocf.png

Siga nossas redes sociais

      
Economia

Revolução na construção: Amunesc proporciona capacitação sobre nova ferramenta

Chamada de 'BIM', a metodologia promete obras públicas mais rápidas e mais baratas

Foto: Arquiteta e Urbanista Tábata Yumi Fujioka da Amunesc


Ela está sendo chamada de revolução da construção, e não é por menos: a ferramenta BIM (building information modeling) que trata-se de uma nova metodologia de informação para a execução dos trabalhos na construção civil, vem contribuído para as obras públicas terem menores números de aditivos, o que resulta em menor custo para os cofres e mais agilidade na conclusão.

Obrigatória a partir de 2021, a ferramenta tem motivado diversas capacitações pelo país. Em parceria com o Senac, a Associação de Municípios do Nordeste de Santa Catarina (Amunesc) capacitará os técnicos das prefeituras dos nove municípios da região, além da equipe técnica da Amunesc. Entrevistamos a arquiteta e urbanista da Associação, Tábata Yumi Fujioka, para conhecer mais da ferramenta. Confira!

O que é o BIM?

BIM é uma sigla em inglês que significa building information modeling, traduzindo seria modelagem da informação da construção. Trata-se de uma metodologia de informação que vai desde a concepção do projeto, execução e manutenção, ou seja, toda a vida útil da edificação. Todas as informações dos materiais aplicados, fornecedores e garantias estarão dentro dos arquivos do projeto. É sem dúvida a grande revolução do mercado de Engenharia, Arquitetura e Construção, e muito mais do que uma nova ferramenta de desenho, trata-se de uma mudança de paradigma.

A partir de quando o BIM será obrigatório?

De acordo com os decretos federais 10306/2020 e 9983/2019, que tratam da disseminação da metodologia BIM no país, sua implementação acontecerá forma gradativa, iniciando em janeiro de 2021 com o desenvolvimento de projetos.

Quais as vantagens do BIM para as prefeituras?

Entre as principais vantagens destaca-se a diminuição dos custos das obras públicas e a agilidade na construção. Há ainda a diminuição de erros na execução, a redução de aditivos, a diminuição dos desperdícios de materiais nas obras, a otimização do tempo no desenvolvimento de projetos, a transparência nos processos e a facilidade e otimização dos processos de fiscalização.

Quais as vantagens do BIM para a sociedade em geral?

Em resumo a sociedade ganha muito com a execução de obras mais rápidas, a transparência dos recursos públicos e com a facilitação da gestão dos resíduos e a redução dos desperdícios de materiais.

Quais as vantagens do BIM para o setor de engenharia, arquitetura e urbanismo da Amunesc?

O BIM nos permitirá visualizar a obra em todas as suas fases com modelagem 3D. Isso nos dá também muitas vantagens outras vantagens, pois conseguiremos otimizar o tempo no desenvolvimento dos trabalhos, a previsão e correção de interferências, maior precisão dos quantitativos de materiais, a compatibilização entre todos os projetos e a integração simultânea entre todos os profissionais envolvidos. Considerando que a Amunesc é financiada pelas prefeituras e tem interesse na otimização de recursos, a sociedade em geral também ganha com isso.

Quais municípios já se inscreveram na capacitação do BIM? Quantas vagas estão abertas por município?

Todos os municípios da Amunesc passarão pela capacitação (Araquari, Balneário Barra do Sul, Campo Alegre, Garuva, Itapoá, Joinville, Rio Negrinho, São Bento do Sul e São Francisco do Sul). Inicialmente disponibilizamos duas vagas por município, porém a aceitação foi tão positiva que os municípios solicitaram muito mais vagas, fechando um grupo de técnicos municipais para 29 servidores. Todos os oito técnicos do setor de Engenharia, Arquitetura e Urbanismo da Associação também passarão por capacitação.

Como será a capacitação?

Serão 40 horas de treinamento em Modelagem de Arquitetura usando o Software Revit- Autodesk, para duas turmas. As aulas serão online, com uma aula interativa entre alunos e professor.

Qual o objetivo do curso?

A capacitação dos servidores tem como finalidade nivelar o conhecimento dos técnicos de engenharia e arquitetura das prefeituras associadas para a nova forma de projetar e pensar a construção civil, que integra todos os profissionais e processos envolvidos em um único projeto, sendo considerado um simulador 3D da edificação.

Quais tópicos serão abordados?

O curso inicia com o software Revit Arquitetura, que é a base para o desenvolvimentos dos demais projetos específicos, como eletricidade, hidrossanitário, estrutural, entre outros. A capacitação em Revit inicia com o nível básico de familiarização com a ferramenta e modelagem de arquitetura, chegando ao nível intermediário de formatação de plotagem e geração de quantitativos.

Quando inicia?

O curso começa no próximo mês e tem previsão de término ainda para este ano, estando os técnicos municipais e da Amunesc aptos a darem encaminhamento à implantação do BIM em 2021.


15372217003380.png

Correio Francisquense - Fone: (47) 9172-6939
Rua: Marcílio Dias, 425 sala 09 São Francisco do Sul - Santa Catarina

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados