logocf.png

Siga nossas redes sociais

      
Economia

UFSC e Ministério do Turismo firmam parceria para diagnóstico de transporte turístico no país

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), por meio do Laboratório de Transportes e Logística (LabTrans) do Departamento de Engenharia Civil, e o Ministério do Turismo firmaram parceria para o diagnóstico das condições de circulação e de conectividade em rotas turísticas no país. Publicado no Diário Oficial da União (DOU) no último dia 1º de outubro, o acordo de cooperação técnica contempla a realização de estudos e pesquisas relacionados ao planejamento do transporte turístico de passageiros.

O Ministério do Turismo encomendou o "raio-X" de 30 rotas turísticas estratégicas brasileiras, contempladas pelo Programa Investe Turismo. O plano de trabalho da UFSC envolverá o mapeamento, diagnóstico e proposições referentes aos modos rodoviário, ferroviário, aquaviário e aéreo, contemplando sua infraestrutura e pontos de apoio, regulação, iniciativas de fomento, bem como a integração multimodal. O cronograma do estudo compreende 24 meses. Com isto, a conclusão está prevista para setembro de 2022.

O ministro Marcelo Álvaro Antônio destacou que a UFSC, por meio do Labtrans, reúne alto conhecimento técnico e experiência em infraestrutura e serviços de transporte em nível nacional. Ele frisa que a instituição já prestou relevantes entregas no setor, especialmente por meio dos TEDs firmados com a Secretaria Nacional de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura (SAC/MINFRA), o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). "Portanto, ter a UFSC como parceira de primeira linha na melhoria da mobilidade e conectividade turística é fundamental, pois permitirá o maior aproveitamento das experiências obtidas e dos produtos elaborados no âmbito desses TEDs, promovendo ganhos de sinergia das ações governamentais e melhor aplicação dos recursos públicos federais", avaliou.

Além do levantamento bibliográfico e da avaliação da atual situação legislativa, a ação tem ainda como metas: avaliação e diagnóstico da infraestrutura de transportes; desenvolvimento de base georreferenciada; diretrizes para estabelecimento de políticas públicas integradas para mobilidade e conectividade turística; estabelecimento de programa de integração multimodal; proposições para implantação de programa de conservação e manutenção de trechos rodoviários de interesse turístico; plano diretor de mobilidade e conectividade; e apoio técnico e capacitação aos setores públicos locais e entidades privadas ligadas ao turismo.

Programa Investe Turismo

Cento e cinquenta e oito municípios brasileiros são o foco de um amplo pacote de investimentos, incentivos a novos negócios, acesso ao crédito, melhoria de serviços, inovação e marketing, voltados para o setor de Turismo. O objetivo principal do Programa Investe Turismo, desenvolvido conjuntamente pelo Ministério do Turismo, Sebrae e Embratur, é acelerar o desenvolvimento, aumentar a qualidade e a competitividade em 30 Rotas Turísticas Estratégicas do Brasil, com foco na geração de empregos. O investimento inicial será de R$ 200 milhões.

As rotas turísticas selecionadas receberão ações organizadas em quatro linhas de trabalho que vão desde o fortalecimento da governança, por meio de uma agenda estratégica entre setor público e privado; melhoria dos serviços e atrativos turísticos, com foco especial nas micro e pequenas empresas; marketing e apoio à comercialização, por meio de campanhas, produção de inteligência mercadológica e participação em eventos estratégicos; até a atração de investimentos e o apoio ao acesso a linhas de crédito e fontes de financiamento. Os projetos visam o aumento da qualidade da oferta turística nas rotas selecionadas em todas as regiões brasileiras.

SOBRE AS ROTAS

No Programa Investe Turismo, uma rota turística estratégica é o agrupamento da oferta turística de um ou mais municípios, para fins de planejamento, gestão, atração de investimentos, promoção e comercialização turística. CONSULTE A LISTA DE ROTAS E MUNICÍPIOS CONTEMPLADOS 

http://www.turismo.gov.br/images/Investe%20Turismo/Rotas_Tur%C3%ADsticas_Estrat%C3%A9gicas-InvesteTurismo.pdf

Dentre os critérios utilizados para seleção das rotas, estão: a participação de municípios incluídos no Mapa Brasileiro do Turismo 2018 e classificados nas categorias A, B, C ou D; ter destinos já promovidos em âmbito nacional pelo Ministério do Turismo e pelo menos um consolidado no mercado internacional; ter patrimônios mundiais da humanidade, eleitos pela Unesco. Também foram considerados aspectos como acesso, conectividade, venda conjunta e existência de projetos de consolidação das rotas como produto turístico.


Imagens


15372217003380.png

Correio Francisquense - Fone: (47) 9172-6939
Rua: Marcílio Dias, 425 sala 09 São Francisco do Sul - Santa Catarina

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados