logocf.png

Siga nossas redes sociais

      
Mobilidade

Único acesso à Enseada ainda é um problema sem solução

08 Janeiro 2019 16:06:00

Diretor do Demtran explica que existe a necessidade de novos acessos a região. Mas ainda não há um projeto para execução

Foto: Júlia Vieira/Jornal Correio Francisquense

Em toda alta temporada, a lentidão do trânsito nas avenidas Santa Catarina (entrada ao bairro Enseada) e Atlântica (saída) gera transtornos para turistas e moradores. O percurso que poderia levar minutos, leva horas. A falta de organização no trânsito também atrapalha o fluxo. Motoristas que furam fila pela faixa da esquerda, acabam bloqueando a via até conseguirem uma brecha para entrarem na pista da direita e saírem do bairro. A solução do problema ainda é promessa e não tem nenhum projeto concreto no momento, conforme o Departamento Municipal de Trânsito (Demtran).

O diretor do Demtran, Jackson Portella Lima, explica que o fenômeno que ocorre nesse trecho é de saturação da via devido ao excesso de pessoas que procuram os balneários nessa época. "A capacidade dela não suporta tantos veículos transitando, é onde ocorre congestionamento, ocorre o trânsito lento, onde ocorre justamente todo o represamento de via de trânsito", diz.

Ele ainda relata que com a Reforma Administrativa que ocorreu em dezembro, foi criado um setor de projetos, que junto com Demtran estarão estudando a possibilidade de novos acessos a região dos balneários, mas ainda não há nada de concreto. "O que nos temos de informação é que existe a necessidade de novos acessos a região dos balneários".

A Polícia Militar da cidade, em convênio com a Prefeitura, também vem orientando e fiscalizando, esporadicamente, motoristas para dar maior fluidez naquelas vias, conta Jackson. Devido ao pouco efetivo não é possível fazer todos os dias durante a alta temporada. O diretor do Demtran também solicitou a PM uma estimativa de fluxo de carros que passam durante esse período na Avenida Atlântica. Ainda será feito, em janeiro, a manutenção da sinalização horizontal da via com setas.

Lombofaixas

O Diretor do Demtran acredita que as faixas elevadas não tem influência sobre a lentidão. Ele afirma que as faixas foram feitas conforme as resoluções do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e que o tamanho escolhido é o mínimo permitido por lei.





15372217003380.png

Correio Francisquense - Fone: (47) 9172-6939
Rua: Marcílio Dias, 425 sala 09 São Francisco do Sul - Santa Catarina

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados