logocf.png

Siga nossas redes sociais

      
Economia

Governador visita Araquari para inauguração da subestação de energia elétrica da Celesc

O governador Carlos Moisés esteve nesta tarde de segunda-feira, 27, para inaugurar a Subestação (SE) Araquari - Corveta, no quilômetro 65, às margens da BR-101, no Norte de Santa Catarina. Com investimento de R$ 9,3 milhões, a nova estrutura tem potência instalada inicial de 30,00 MVA e aumenta em 70% a capacidade de atendimento na demanda no município de Araquari e o polo regional. Estiveram presente o prefeito de Araquari Clenilton Pereira e seu vice-prefeito, Ludgero Jasper Junior, e o presidente da Associação Empresarial de Araquari, Londry Turra, acompanhando o ato.

"Esse investimento é fundamental para garantir energia de qualidade à região, que vai permitir um desenvolvimento econômico ainda maior nos próximos anos. Sem energia não podemos trazer o empreendimento privado à região. Trabalhamos 24 horas por dia para não parar com o serviço público de qualidade", destacou o governador Carlos Moisés. O chefe do Executivo estadual também reforçou que a obra melhora a qualidade da energia elétrica fornecida e atende a um antigo pleito de quem vive, trabalha e investe na região, que é um pólo industrial catarinense. 

"Esse investimento é extremamente importante porque aumenta a capacidade de distribuição e a qualidade de energia entregue na região", destacou o diretor de Gestão Corporativa, Pablo Cupani Carena, que representou no ato o presidente da Celesc, Cleicio Poleto Martins. A capacidade máxima do empreendimento é de 120 MVA, o que viabiliza o crescimento da demanda por mais 10 anos. 

O prefeito de Araquari, Clenilton Carlos Pereira, afirmou que a obra é fundamental para que o município mantenha o ritmo de crescimento econômico. "Somos a cidade que mais cresceu no estado durante cinco anos consecutivos. Apesar do cenário de pandemia, novas empresas chegam à cidade, trazendo emprego e renda. Antes da subestação, estávamos vulneráveis. O Governo do Estado fez a sua parte para garantir infraestrutura a esse crescimento", destacou. 

Para o presidente da Associação Empresarial Aciaa, Londry Turra,  a falta de uma sub-estação na região de Araquari vinha prejudicando muito os empresários locais e àqueles com interesse de investir na cidade. "Um dos principais gargalos que as empresas encontravam, quando vinham para Araquari e as que já estão instaladas na cidade, quando precisavam aumentar suas capacidades de produção, com mais máquinas e equipamentos, não encontravam energia disponível, isso sempre foi um prejuízo econômico para os empresários e para o próprio município, comentou Turra.

Informações técnicas 

A Subestação Araquari Corveta possui 6.400 metros quadrados e está ligada a SE Araquari Hyosung - BMW pela Linha de Transmissão (LT) Araquari Hyosung - Araquari Corveta, em 138 kV, que possui 2,58 Km de extensão, também inaugurada na ocasião. 

Novos investimentos reforçam o sistema elétrico na região Norte de Santa Catarina

A construção da Subestação Araquari - Corveta faz parte de um grande pacote de obras com investimentos de quase R$ 140,1 milhões para atender a região Norte de Santa Catarina, que inclui R$ 43,6 milhões em obras no sistema de alta tensão, como a construção da Subestação Canoinhas - Rio da Areia, inaugurada no fim do ano passado; a construção da LT Araquari Hyosung - Araquari Corveta, em 138 kV; e a construção da nova LD e da nova SE Joinville - Boa Vista; além da ampliação de 43,3 MVA nas subestações Canoinhas (já concluída) e Jaraguá Rio da Luz (em andamento); e de melhorias nas subestações Mafra e Joinville I.

Já nos sistemas de média e baixa tensão, estão sendo investidos R$ 10,6 milhões na construção de novos alimentadores e mais de R$ 49 milhões na ampliação e melhorias das redes de distribuição, em equipamentos especiais, como religadores automáticos, que agilizam o restabelecimento do fornecimento de energia em caso de ocorrências não programadas, entre outros. 

Por meio do Programa Celesc Rural, que substitui redes monofásicas nuas por redes monofásicas ou trifásicas com cabos protegidos, a empresa está investindo R$ 36,5 milhões, beneficiando 17.246 propriedades rurais em localidades que compreendem as regiões de Mafra, São Bento do Sul, Jaraguá do Sul e Joinville. Até o momento, já foram executadas obras em 269,73 quilômetros, de um total de 944 quilômetros em áreas dos municípios de Campo Alegre, Canoinhas, Corupá, Guaramirim, Irineópolis, Itaiópolis, Jaraguá do Sul, Joinville, Mafra, Major Vieira, Papanduva, Porto União, Rio Negrinho, São Bento do Sul e Schroeder. 



15372217003380.png

Correio Francisquense - Fone: (47) 9172-6939
Rua: Marcílio Dias, 425 sala 09 São Francisco do Sul - Santa Catarina

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados