logocf.png

Siga nossas redes sociais

      
Meio Ambiente

Baleia-jubarte é encontrada morta em São Francisco do Sul

Foto: Divulgação/ PMP-Univille
Na manhã da última terça-feira (01), um filhote de baleia da espécie jubarte (Megaptera novaeangliae) foi encontrado boiando no canal de acesso ao porto de São Francisco do Sul.

Devido ao risco de navegação foram acionadas as equipes do PMP/Univille, Ibama, Autoridade Portuária, Capitania dos Portos, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Secretaria Municipal de Obras.

Em pouco tempo, o animal foi levado pelas correntes marinhas e encalhou em um banco de areia próximo à Praia do Sumidouro. Os técnicos de campo do PMP/Univille foram até o local e iniciaram a operação de resgate. O ancoramento do animal foi realizado com ajuda de dois quadriciclos, até que a retroescavadeira, cedida pela prefeitura de São Francisco do Sul, resgatou o animal e o transportou até uma área mais adequada para realização da necropsia.

De acordo com a equipe técnica (veterinário necropsista e biólogos) a baleia é um macho de 4,84 metros de comprimento e peso estimado em duas toneladas. Apesar do avançado estágio de decomposição, diversas amostras foram coletadas por se tratar de um animal raro, ou seja, espécie de baixa ocorrência na área de Santa Catarina. Segundo o coordenador de pesquisa do Projeto Baleia Jubarte, Milton Marcondes, esta é a quinta baleia jubarte que encalha no litoral catarinense neste ano.

É importante lembrar que caso um morador ou turista que esteja no litoral norte catarinense encontre um animal encalhado na praia deve seguir as seguintes orientações:

- Primeiramente, ligar para a equipe do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) - 0800 642 3341;
- Manter os curiosos e os animais domésticos afastados;
- Manter distância;
- Não tocar o animal (ele pode estar acometido por doenças contagiosas);
- Não tentar movê-lo (na tentativa, a pessoa pode machucar o animal ou a si própria).

Sobre a baleia-jubarte:

A baleia-jubarte é um mamífero marinho que ocorre na maioria dos oceanos. Animais adultos chegam a medir de 12 a 16 metros de comprimento e podem pesar cerca de 35 a 40 toneladas. Realiza grandes saltos, elevando quase que totalmente seu corpo fora d'água. É neste momento em que suas longas nadadeiras peitorais (medem quase 1/3 do seu comprimento total) parecem asas de um pássaro. Daí a origem do nome da espécie, Megaptera, que em grego significa "grandes asas", já novaeangliae significa "Nova Inglaterra", primeiro local de registro da jubarte. Este comportamento de saltos e natação na superfície torna a baleia-jubarte muito popular no turismo de observação. Migram mais de 25 mil quilômetros a cada ano das águas polares, onde se alimentam, para os trópicos e subtrópicos para acasalarem e terem seus filhotes. Sofre com a ação do homem em relação à pesca industrial (emalham nas redes), colisão com embarcações e poluição plástica nos oceanos. 


15372217003380.png

Correio Francisquense - Fone: (47) 9172-6939
Rua: Marcílio Dias, 425 sala 09 São Francisco do Sul - Santa Catarina

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados