logocf.png

Siga nossas redes sociais

      
Meio Ambiente

Moradora denuncia encanamento irregular na Festilha que desemboca esgoto nas águas da Baía Babitonga

Francisquense filmou água suja das barracas do pavilhão central sendo despejada por canos embaixo do deck

Júlia Vieira
Foto: Arquivo Pessoal/Michelle Coradim

A 31º Festilha teve uma um novo formato na estrutura dos pavilhões, montados ao longo da rua Babitonga, no Centro Histórico. Uma moradora de São Chico resolveu, na tarde do último sábado (13), conferir de perto os bastidores dessa estrutura e observou que o encanamento das barracas do Pavilhão Central, no aterro anexo ao Mercado Público, terminavam para baixo do deck de madeira. Assim, toda água suja das cozinhas são despejadas diretamente na Baía Babitonga.

Michelle Coradim diz que vê isso acontecer há mais de cinco anos e desta vez resolveu denunciar. "E se repete mais uma vez, 31ª Festilha e o encanamento das barracas continua sendo jogado livremente nas águas da Baía Babitonga", explica em vídeo denúncia produzido por ela.

A francisquense entrou em contato com um veículo midiático para saber o posicionamento da Prefeitura, que a respondeu, por meio da Gerência de Comunicação, que existia um reservatório abaixo do deck para coleta de dejetos. "Todos aqueles canos que saem das barracas foram feitos sob a supervisão da Águas de São Francisco do Sul e se destinam a um reservatório de dejetos. Nada é jogado na Baía Babitonga. Ao final da Festilha, a concessionária dará a destinação correta desse material", foi a resposta encaminhada a ela pelo whatsapp no fim da tarde de sábado.

A moradora, não satisfeita com a justificativa, foi, às 18h, do mesmo dia, embaixo do deck para fiscalizar se existia o reservatório da concessionária. Porém, não encontrou nenhum recipiente para coleta do esgoto e ainda filmou os canos depejando a água suja diretamente na Baía. Esperou por 16h para que o problema fosse solucionado e postou nas redes sociais após não ver nenhuma ação para solução do problema sendo feita. "As instituições que usam as barracas não foram citadas e nem cabe a elas essa responsabilidade", ressalta Michelle em entrevista para o Correio Francisquense.

A concessionária Águas de São Francisco do Sul também se pronunciou a respeito da denúncia dando como solução a implantação definitiva de um sistema de esgoto. A Estação de Tratamento de Esgoto no Centro ainda é um projeto no papel. A concessionária junto com a Prefeitura fazem estudos para uma possível instalação de um ETE no bairro Paulas que atenderia toda essa região da cidade. "A Águas de São Francisco do Sul recebeu solicitação de apoio da organização da festa para a instalação das ligações hidráulicas. Ao receber esta denúncia, enviamos um técnico ao local para verificar a situação e realizar as possíveis adequações, visto que no centro de São Francisco do Sul não há sistema de coleta de esgoto. A solução para o centro é a implantação definitiva de um sistema de esgoto".  





15372217003380.png

Correio Francisquense - Fone: (47) 9172-6939
Rua: Marcílio Dias, 425 sala 09 São Francisco do Sul - Santa Catarina

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados