Prefeitura nos Bairros será feita novamente no Ervino por causa de loteamentos irregulares

Marcos Arzua é confirmado novo secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável
15 de maio de 2018
Primeira safra da Tainha pode chegar na virada do mês em São Francisco do Sul
16 de maio de 2018

Na próxima sexta-feira (18) será feita novamente o projeto “Prefeitura nos Bairros”, a partir das 18h, no bairro Ervino. A demanda surgiu de moradores que se encontram em loteamentos irregulares ou parcialmente irregulares que estão ainda em busca de serviços básicos, principalmente, de iluminação pública para as moradias.

Na última terça-feira (15) foi feito um atendimento integrado entre Secretarias e Setores da Prefeitura aos moradores do Ervino. O atendimento envolveu a Secretaria de Meio Ambiente, Secretaria de Infraestrutura, Urbanismo e Integração (Seinfra), Setor de Eletrificação, Jurídico e a Ouvidoria. A ideia desse atendimento foi tirar dúvidas, fazer protocolos e estar mais próximo aos moradores explicando sobre as ações possíveis de serem feitas nas residências que podem receber auxílio da Prefeitura.

Joel Souza, responsável pelo projeto “Prefeitura nos Bairros” no Núcleo Avançado de Gestão e ex-secretário do Desenvolvimento Econômico Sustentável, explica que os loteamentos que se encontram irregulares, foram aprovados pela Prefeitura entre as décadas de 50 a 70, antes da lei ambiental, e alguns não tinham sido abertos naquela época. “Tinha terreno que era aprovado, mas o cara não abria. Ficava dentro do mato. Não tinha estrada, não tinha energia, drenagem, pavimentação, não tinha nada e era normal”, conta.

O Secretário do Meio Ambiente, Gabriel Conorath, diz que agora a principal ação junto ao Ministério Público Estadual é individualizar os lotes, e não tratar do loteamento como um todo. Segundo Gabriel, e somente três loteamentos não tem ainda nenhuma previsão de receber auxílio, pelo motivo do não cumprimento das responsabilidades para regularização pelo loteador que é o Maresol, Luzemar e Sayonara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *