logocf.png

Siga nossas redes sociais

      
Crianças e Adolescentes

Comarcas da região Norte recebem cartilhas e cartazes de combate à exploração sexual

As comarcas de todo o estado passaram a receber recentemente exemplares da cartilha 'Os Super Adultos de Confiança', da Coordenadoria Estadual da Infância e da Juventude (CEIJ). O material, ilustrado e com linguagem acessível, tem por objetivo fornecer informações e orientar pré-adolescentes e adolescentes (público-alvo) sobre a prevenção dos casos de violência e exploração sexual. Assunto em destaque no mês de maio, dedicado ao tema. As amostras entregues na comarca de Canoinhas foram encaminhadas para a Secretaria de Educação do Estado. A assistente social Michele das Graças Figueira Nadolny ressalta que o material é de fundamental importância para o conhecimento e a prevenção da violência. 'Proteção não combina com violação. Precisamos cuidar das crianças e transmitir confiança. Validar seus sentimentos para que lembrem de uma infância sem sofrimento. Por isso precisamos propor mudanças com base na informação, para que elas sejam protagonistas de um mundo de esperanças.'

Na comarca de Joinville, as cartilhas e cartazes ficarão disponíveis para distribuição no setor psicossocial e aos órgãos de proteção - Conselho Tutelar e CREAS. O recebimento dos exemplares despertou na assistente social judiciária Eoni Conceição Gesser Rosa um misto de nostalgia e possibilidades. Na época da elaboração do material, em 2017, ela atuava na comarca de Rio do Campo, no Alto Vale, e foi incumbida de colaborar com alguns diálogos dos personagens do material devido a sua experiência em projetos. "Eu e minha colega Méri Luci Bodemüller, oficial da Infância e Juventude com formação em psicologia, desenvolvíamos palestras em comunidades referentes a temas específicos, e um desses era relacionado ao abuso sexual. Então aceitamos o desafio e contribuímos inserindo algumas falas dos personagens", relembra.

A assistente social conta que já utilizou a cartilha em diversas oportunidades e sempre com retorno positivo, não somente pelos adolescentes mas também por outros órgãos envolvidos como o Conselho Tutelar e a Secretaria de Assistência Social. "É um material educativo, com uma linguagem acessível para a criança entender até que ponto vai o carinho, pois muitas vezes ela não consegue perceber quando o contato fica desconfortável. E a cartilha aborda o quanto é importante que a criança e o adolescente consigam eleger um amigo de confiança para falar sobre o pedido de ajuda. Estou muito satisfeita em ver o material de volta", comemora.

18 de maio - Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Data determinada oficialmente pela Lei 9.970/2000, em memória à menina Araceli Crespo, de oito anos de idade, sequestrada, violentada e assassinada em 18 de maio de 1973.


15372217003380.png

Correio Francisquense - Fone: (47) 9172-6939
Rua: Marcílio Dias, 425 sala 09 São Francisco do Sul - Santa Catarina

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados